quarta-feira, 21 de julho de 2010

Não Ter

Você não responde mais ao telefone
Pendente a um fio, toda esperança minha
Eu nunca teria acreditado que perderia a cabeça, por você
Você inesperadamente escapou
Deixando um vazio em minha vida
Sem respostas para mim e agora, coisas permanecem ...de você
Não ter... não ter o perfume de sua pele
Não ter... a respiração de você no rosto
Não ter... sua boca de morango
Não ter... o doce mel de seu cabelo
Não ter... seu veneno no coração
Não ter... o caminho de saída para este amor
Não ter... não ter mas vida para mim.. mais,
Não ter... não ter alguma outra razão que livre a alma...
encantada em uma noite de loucura
Até na prisão eu irei por você
Só uma vida não é bastante... para mim
Se até o verão tem suas nuvens
E você é um furacão contra mim
Pulando os sonhos dos meus dias... foram se apressar, por que?
Não ter... seu veneno no coração
Não ter... o caminho de saída para este amor
Não ter... vida para mim, mas
Não ter... outra razão para mim....
Se um Deus existe, eu não posso esquerce-me, até mesmo se
Entre eu e ele há um céu obscuro sem fim
Eu o implorarei, eu o procurarei e eu juro, eu acharei você
Até mesmo eu tive que entrar em outros cem mil anos de vida
Nesta vida de escuridão sem você, eu sinto que
Até agora, para mim você se tornou a única razão
Se houver uma barreira no amor, eu juro, eu passarei
Neste enorme vazio de que dias sem fim, eu o amarei
Como a primeira vez em sua casa
Todo seu gesto me trouxe fora de si
Eu sentia me perder... dentro de você
Não ter... não há o perfume de sua pele
Não ter... a sua respiração no rosto
Não ter... sua boca de morango
Não ter... o doce mel de seu cabelo
Não ter... não ter ; Não ter... não ter ; Não ter... não ter

O amor, depois de adentrar no coração, se torna inevitável, ou é possível esquecê-lo?




CAMINHO INEVITÁVEL

Cansei!
Não posso mais negar
Não há como apagar-te
É inútil sequer tentar...

Pensei
Que fosse possível viver
Livre das lembranças tuas...
Não! Não consigo esquecer!

Jurei
Que dessa vez acabaria
Sem mais talvez... O fim!
Nada de ti em mim restaria...

Mas sonhei
À luxúria novamente me entreguei
Em teus braços deliberadamente,
Loucura e êxtase experimentei!

Saciei
Meus desejos secretos de amor
Dilúvio no qual me banhei
Só para secar-me no teu calor...

Me enganei
"Nunca mais", repetido e forte gritei!
Mas viajando nas curvas do teu corpo
"Para sempre", foi o que encontrei...

Imortalizei
Cada parte tua no meu coração
Nos versos tolos que criei
Em cada ínfima gota de emoção...

Enfim, voltei...
Ao tumulto causado pela ilusão
Mesmo caminho que antes trilhei...
És inevitável... És minha razão!





Te amo tanto..., preciso falar mais?

Deixe-me falar o quanto te quero
O quanto te admiro, este sorriso
Que me chega tão terno, tão discreto
Tão secreto, que me fica difícil, decifrá-lo

Por que não amá-lo, desfrutar o teu
Carinho, as nossas entre linhas que
Revela-nos o quanto sentimos um
Pelo outro..., será que estou mentindo

Será que em teu peito não bate um coração
Que desejaria ser cortejado, amado
O beijo que te dedico não te deixa
Mais desejosa por senti-los
Meus abraços meu amor não chegam
A ti...

Voe em minhas palavras, alcance as
Rosas do meu canteiro, pouse sobre mim
Seu jardineiro..., tuas rosas estão a te
Esperar, as flores do meu quintal são
O teu lar protegido e claro, alegre e calmo

Vamos desfrutar deste amor
Que não tem pudor, que te faz sentir
Esta erupção de paixão de volúpia
De calor neste corpo sedutor
Que me deixa louco de prazer
Faz-me enlouquecer, me tira do sério
Acalma-me, me relaxa quando falo
Contigo, quando sinto a tua presença

Para você, são estes versos
Amor que tanto quero
Tudo em ti me atrai
Rosa do meu jardim
Ilumina a minha estrada
Comemore comigo
Isso não me negarás
Amor..., sempre de mim terás

Gerson(160710)

Estou me sentindo..., só!

Noite fria escura e solitária
A chuva fina persistente lá fora
Cai inclemente..., persistentemente
Ressoa no zinco do telhado do meu
Canteiro de rosas, minhas flores amadas
Bem cuidadas..., são pra ti..., amada

Estão todas fechadas com frio talvez
Nem as reguei hoje..., não irão me ver
Cumprimentarem-me e eu as tocar

Hoje não verei o meu amor..., a chuva
Que não para, o frio que me açoita que
Faz-me tremer sem ao meu lado te ter
Para me aquecer...

Minha borboleta não visitará o meu
Jardim..., não me irá ver não pousará
Em minhas flores em minhas mãos
Ficarei solitário, na varanda agasalhado

Nem a luz de minha estrela receberei
Minha estrela matutina encoberta pelas
Nuvens..., cinza, ficou escondida

Com certeza, nesta manhã fria chuvosa
Solitária e triste minha reclusão será maior
Meu corpo frio e só ficará recolhido
Triste e solitário sem o seu calor sem o seu amor

Gerson(170710)

Anjo

Onde está, meu anjo?
No meio da noite, quando estava sozinha, ele apareceu,
Veio de onde? Anjo...
Me ajudou, me entendeu,
E agora onde está? Anjo...
Ensinou tudo que precisava saber,
Me trouxe o medo, de não compreender,
E eu chorei a noite, com medo do desconhecido... Anjo

E quando percebi já vivia essa magia,
Já estava envolvida nesse sonho... Será sonho?
Não, não!
Anjo me ensinou a compreender a magia que eu sempre vivia.

Anjo, porque demora chegar?
O que lhe prende é o tempo? É o espaço?
O que lhe impede é pior, porque são esses dois obstáculos juntos.
E nada lhe impele para perto,
E essa saudade infinita nada a interrompe,
A não ser a sua presença em meus sonhos, Anjo.

Visita-me a noite, me mostre os seus caminhos,
Pois eu quero segui-los, oh Anjo,
Sei q irá chegar o dia,
Em q seremos felizes na fantasia do amor,
De anjos...

- - - - - - - - - - - x - - - - - - - - - - - -

Esse é dedicado a uma pessoa muito, muito especial, o meu anjo, amo ele e esse texto é só dele, te amoo meu ursinho de dormir, meu anjo lindoo.

Porta fechada (Para toda dona de casa)

Dona de casa,ela capricha,lava,passa e cozinha.Ela cuida dos filhos,é assim sua vida,seu corre corre o seu dia a dia
Depois da labuta,ela sabe o que a espera,atrás da porta fechada,do lugar de refúgio onde descansa e comemora mas um dia de vitória...

A última refeição do dia é feita com a família reunida,depois de satisfeitos é entendida agora sua tarefa cumprida.Beijos e abraços certos do reencontro no outro dia e lá vai ela para seu quarto,seu outro mundo,seu espaço...

Se transforma,se lava e se perfuma,escolhe o vermelho,para o espelho ela olha,ela aprova e luta contra o cansaço esperando tranqüila seu companheiro no quarto.Mas um desafio que fecha com chave de ouro o seu dia corrido,desempenha novamente seu papel..

Agora de amante,faz tudo como se fosse a primeira vez,satisfaz e está satisfeita,ela deita dorme e descansa de mais um dia de lutas,vitórias,tristezas e alegrias não admite derrotas e sim aprendizado.Não reclama e descansa na cama,ela é feliz ela é amada,com a porta aberta ou com a porta fechada...

(Somente assim Fêmea)

A outra (desabafo da amante solitária)

Ele chegou como quem nada quer,me olhou de leve deu um sorriso leve,tirou a camisa
abriu a janela e me chamou com as mãos estendidas para o abraço....Não poderia deixar
de atender seu chamado,não poderia negar seu abraço,o carinho,ele é o meu amado...

O coração acelerava,seu suspiro despertou meus sentidos,arrepios na pele,na alma
somente os suspiros e mais nada.Depois do abraço entendi seu silêncio,seria mais um dia
que sozinha ficaria...

Ele não é meu,sua vida não é minha,não ergui a cabeça,já me sentia vazia..mas um dia
que sozinha ficaria,mas que tola eu sou e como posso querer mais,isto é algo que não se
muda,esta á a vida da "outra" é esta sua sina....

Somente assim Fêmea

Quem sou eu....(mulher madura)?

Quem sou se não a mulher que a si mesma é estranha?

confusa e divertida,por vezes tímida e sem graça,quero

ser mulher mas sinto falta da criança,quero falar mas

também quero gritar:Vida me leva,vida leva eu ! ! !

Sou mulher,sou menina,sous senhora,sou bandida?

quem sou eu?fala poetisa fala quem sou eu?

Choro,dou gargalhadas,não sou perfeita e por

horas me sinto assim toda acanhada,digo que

não quero e não preciso de um novo amor mas..

por qual razão na hora de deitar falo com meu

travessereiro dos pretendentes que eu poderia

aceitar e agora possui-lo?..Confusa e simples,esta sou eu,somente

uma mulher,não importa a idade,toda mulher é Fêmea

independente das marcas,de tudo que já viveu..

Agora já sei quem sou,sou alegria,sorrisos,lágrimas

tristezas e alegrias,sou confiante e insegura,eu sou

mulher madura,mulher e menina,sou eu a poetisa...


Somente assim Fêmea
prefira a solidão do que entradas e saídas de pessoas que não querem compromisso, de amizade, amor ou de presença ainda que não de corpo mas de sintonia
olhe para os lados e quem sabe estejas perto de quem também vive assim,dois solitários se transformam em dois acompanhados

Não vou mais chorar(os homens são cruéis até mesmo no silêncio)

Ele chega devagar,me manda rosas e beijos,me fala coisas boas me alegra o dia e com sua gentileza me reanima,me faz acreditar que vai melhorar este dia,vou sair do marasmo,da rotina,vou sorrir,vou fazer festa...nele acredito e por ele me animo

Ele sabe muito de mim e dele nada sei,ele consegue me tocar e com seu silêncio falar,ele me trata igual a tantas e isso nele me desencanta,volto a entristecer,não vou mais chorar,ele insiste em me fazer lembrar que,a solidão é doída e a alma é ferida....

Mas como tantos hoje aqui ele está mas e amanhã o que de mim será? não eu não vou mais chorar,eu não vou deixar que ele entre em mim,no corpo,na alma,no coração.Decidi que não o quero como amante ou amor bandido,chega de viver mais uma ilusão

Não vou mais chorar vamos ficar assim,ele vive sua rotina e eu cuido de mim,não serei inimiga e nem tão pouco lhe ignorarei,só não vou deixar de me amar para amar a quem não me quer,aprendi meu valor,mesmo sem este amor continuarei a ser mulher e a cuidar de mim...Vai ser assim !



somente assim Fêmea

Vou sair de sua vida(para quem nunca esteve aqui...)

"Não quero lhe amar,não quero sofrer,eu não quero aquilo que eu não posso ter

chega de iludir,de mentir ao coração,de falar de amor e falar de paixão,alô ao

planeta terra,alô a razão,Calado meu coração!...eu não quero te ouvir,não me

faça viver em confusão,chega de torturas e de desilusão;não quero e nem vou

me torturar,não quero e não posso lhe amar,vou sair de sua vida,vou escrever a

despedida,despedida daquilo que nunca veio,por isto não ficou,despedida daquele

que nem em sonhos me amou,eu vou lhe tirar de minha vida,nestas últimas palavras

faço a despedida,de você e do que jamais poderia me dar,seu coração,sua alma,sua

vida.Adeus amor que nunca foi e nem poderia ser meu...ADEUS"



Somente assim Fêmea

domingo, 11 de julho de 2010

Ecologia

"No dia em que a última árvore for cortada,
que o último rio for poluído,
e que o último peixe for morto,
aí sim eles verão... que dinheiro não se come!"

NÃO DEIXE O AMOR PASSAR

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.

Carlos Drummond de Andrade

Drummond é o meu poeta preferido e sempre descubro coisas novas dele.

Opinem!!!!

sábado, 3 de julho de 2010

E vc ? Esperaria até ser tarde demais?........

Só tem um jeito de você me entender
Uma maneira que te faça enxergar
Eu já cansei de discutir com você
Não adianta mais falar por falar

Há muito tempo que eu venho pensando
Analisando nós dois
Perdi meu tempo com você só brigando
Não vou deixar pra depois
Você não vai mudar, é fácil presumir
A sua vida de aventura dura pouco tempo
Até se arrepender

Depois lá vem você
Pedindo pra voltar
Como já fez milhões de vezes vem se lamentando
Sofrendo, chorando, é digno de você...
Não sei se dá pra ver, mas acho que eu estou mudando

Houve um tempo em que eu não podia nem te ver
Agora posso estar de frente à você.
Que meu coração não sente mais nada
Me desculpa te falar, mas tenho que dizer
Que hoje mesmo acreditando em você
Você se apaixonou por mim na hora errada

Tarde demais
Tchau, tchau, amor
Tarde demais
Tchau, tchau, já vou
Não volto atrás

A distância..., razão da minha solidão!

Não poder te tocar, esta distância vencer...
Saiba que pra mim é um eterno sofrer
Saber que está sozinha precisando de
Carinho, minha alma em desalinho
Só pensando em te ter, acabar com esta
Solidão...

Meu coração apertado sentindo a tua
Ausência, cheio de carências
Já me cansa esta vivência não saber mais
O que fazer para viver este amor

Oh! Lua, leva pra ela a tua imagem
Diz que também estou só, aguardando
Uma carta, um bilhete, um sinal que
Venha dela para acalmar o meu espírito

A tua solidão é igual a minha
Jogado no meu quarto, olhando o teu
Retrato esta imagem que tenho de ti
Estática, imóvel que não me revela
O que estais sentindo...

Quero tanto o teu amor
Sentir este calor que me faz falta
Entristeci por não ter a tua alegria
Para me contagiar, me fazer amar
Teu ser que me completará
Fará-me viver e a solidão..., esquecer

Que posso dizer..., que te amo
Que te quero, que sinto a tua falta
Que estou incompleto longe de ti
Que minhas noites são vazias sem o
Teu calor, a tua presença a tua assistência
Com teus carinhos, teus beijos em minha
Boca, teus lábios quentes, ardentes
O tremor da tua pele, quando toca na minha
O roçar dos nossos corpos sedentos de prazer

Voltarei para o leito..., tentar sonhar contigo
Pelos menos a lembrança de ti será menos
Angustiosa...

Gerson(030710)

Talvez....

Perdoa se eu não soube entender seu coração
Desculpa se eu não apostei e achei que era ilusão
Achei que era só mais uma brincadeira
Alguém vagando por ai dando bobeira
Eu sei, me enganei
E hoje eu me encontro tão arrependido
Pagando o preço por eu ser tão distraído
E agora eu te encontro procurando outra direção
Talvez,se não fosse minha indecisão
Talvez,tinha lugar pra mim no seu coração
Talvez,seu amor volte a me procurar
Talvez,nunca é tarde
Vou te esperar.