quarta-feira, 21 de julho de 2010

Anjo

Onde está, meu anjo?
No meio da noite, quando estava sozinha, ele apareceu,
Veio de onde? Anjo...
Me ajudou, me entendeu,
E agora onde está? Anjo...
Ensinou tudo que precisava saber,
Me trouxe o medo, de não compreender,
E eu chorei a noite, com medo do desconhecido... Anjo

E quando percebi já vivia essa magia,
Já estava envolvida nesse sonho... Será sonho?
Não, não!
Anjo me ensinou a compreender a magia que eu sempre vivia.

Anjo, porque demora chegar?
O que lhe prende é o tempo? É o espaço?
O que lhe impede é pior, porque são esses dois obstáculos juntos.
E nada lhe impele para perto,
E essa saudade infinita nada a interrompe,
A não ser a sua presença em meus sonhos, Anjo.

Visita-me a noite, me mostre os seus caminhos,
Pois eu quero segui-los, oh Anjo,
Sei q irá chegar o dia,
Em q seremos felizes na fantasia do amor,
De anjos...

- - - - - - - - - - - x - - - - - - - - - - - -

Esse é dedicado a uma pessoa muito, muito especial, o meu anjo, amo ele e esse texto é só dele, te amoo meu ursinho de dormir, meu anjo lindoo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário