terça-feira, 3 de agosto de 2010

Delírios de Amor

Mais uma noite de luar
No corpo sinto um calor ardente
Pelos delírios, de teu Amar,
Fogo, brasa...incandescente!

Ah! São tantos os delírios
Delírios sedutor...
Delírios sem pudor
Delírios de Amor

Ah! Delírios sonhados
Os mais apaixonados
Os mais cobiçados
Os mais desejados...

Oh Amor! Fico a sonhar!
Um dia poder te encontrar...
Em teus braços poder estar
Nessa minha espera, poder te Amar!...

( Val Rodrigues )

Nenhum comentário:

Postar um comentário