quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Eu nada sei



Não sei escrever tudo o que sinto,

Mas sei sentir e com um amor imenso cada pedacinho da vida.

Não sei amar de morrer porque para mim amar é viver.

Não sei sonhar todos os meus sonhos, só sei sonhar o que o meu coração pede.

Não sei dar tudo de mim, mas me esforço para dar o que posso.

Não sei quase nada da vida, mas sei que é bom existir.

Tudo o que eu sei é que a vida é linda e que enquanto houver um mínimo de Ágape para oferecer, a vida vale

a pena viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário