quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Eu gritei que não tinha ninguém, eu gritei tão alto que todos se afastarão.

Eu sussurrei que precisava de alguém e Deus me ouviu, eu tinha ele, eu o tenho, sou filha dele. Pra quê mais?

Ouvi um grito que dizia o mesmo que eu seria eco talvez?

Resolvi me aproximar, quem sabe esse tal alguém não precisasse de um lugar, de alguém para amar?

Aproximei-me e resolvi falar que todos perdidos em Deus encontrariam o seu lugar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário