quinta-feira, 5 de abril de 2012

Verdades de garoto

De repente você acorda no meio da noite, não é insônia e muito menos medo, você acorda com aquela pessoa na sua cabeça. Quando vê, já está fazendo planos, você a tem, vocês se conhecem na praia, os dois muito tímidos. O assunto vai chegando ao som do mar, você não sabe o que falar mas continua tentando, ela sorri. Você sorri vendo o sorriso maravilhoso dela. Os dias passam e aquela pessoa desconhecida na praia vira um amigo, vira uma paixão, ela te faz bem não é mesmo? Poucas pessoas conseguem te deixar assim, poucas entram na sua vida e ficam. Do nada então você começa a imaginar como seria namorar está pessoa, você consegue ver as brigas, as mudanças, as risadas, os carinhos, os beijos, os corpos como se fossem um só. Ela erra com você mas você perdoa, claro que perdoa. Como não perdoar aquele sorriso? Na sua mente vocês envelhecem, os problemas começam a ficar mais sérios, vocês se tornam adultos mas existe uma coisa que não muda nisso tudo, esse tal de amor. São 5 da manhã, e o seu sonho começou depois de acordado, engraçado isso. No meio de tantos pensamentos você a vê entrando na igreja, toda de branco, linda como sempre. Você nota que ela mudou, ela cresceu, a sua pequena cresceu. Ela se tornou mulher, a sua mulher. Mas lembra do sorriso? Esse não muda, continua radiante. Ela para na sua frente, não tem mais ninguém, só você e ela durante alguns momentos. Mesmo deitado no seu quarto você consegue sentir aquele frio na barriga, aquela vontade absurda de passar toda a sua vida ao lado dela. Você a beija, sem pensar se tem alguém olhando, sem pensar nos outros, só nela e em como você irá defendê-la. Ela se tornou o seu tudo, durante uma madrugada ela se tornou tudo que você sonhava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário