domingo, 30 de novembro de 2014

Quando você permite que alguém sequestre o seu emocional, você desequilibra sua vida inteira, você se perde, você se mata aos poucos, quero dizer que quando você entrega a sua felicidade nas mãos do outro, você vira refém de sentimentos capazes de destruir qualquer chance de você se resgatar, você se transforma numa marionete controlada por sentimentos fracos e pior, você chega ao fundo do poço se afogando em mágoas que só transbordam baixa autoestima, desmotivação e desvalorização de si mesma, concluo que, nós só morremos aos poucos quando não nos permitimos à novas chances de viver, quando desistimos de nós mesmas e quando paramos de acreditar em nossos próprios valores.
Sugiro que a superação precisa ser a base de todas as nossas referências emocionais, físicas e teses de vida, porque superar-se é provar a si mesma que nenhum "fdp" é mais importante do que a nossa felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário